Após 17 anos, Hélio dos Anjos volta a ser técnico do Paysandu

Redação Por: Redação

Esporte Novidades

Publicado em 31/05/2019 11:09h

Após 17 anos, Hélio dos Anjos volta a ser técnico do Paysandu

Aos 61 anos, comandante estava sem clube desde o dia 6 de maio, quando foi demitido do Goiás

 

Após o rompimento das negociações com o técnico Roberto Fonseca, o Paysandu voltou os olhos para um velho conhecido do clube. Trata-se de Hélio dos Anjos, que estava sem clube desde o dia 6 de maio. O último trabalho dele foi no Goiás, onde é considerado um xodó da torcida.
Mineiro de Janaúba (MG), Hélio César Pinto dos Anjos tem 61 anos e desembarca ainda hoje na capital paraense. Com ele, viriam o auxiliar técnico e filho, Guilherme dos Anjos, e o outro auxiliar, Marcelo Rocha, que trabalhou no Papão na "era" Givanildo Oliveira.





Esta é, portanto, a terceira passagem dele pelo futebol paraense e a segunda pelo Paysandu. A primeira foi na reta final da Série A do campeonato brasileiro de 2002, interrompida pelo próprio treinador, que deixou o clube revoltado com as negativas da diretoria aos pedidos de reforços para a Libertadores da América do ano seguinte. Antes disso, Hélio treinou o Remo, em 1995 e foi campeão paraense invicto.

O currículo do treinador é extenso, afinal são 34 anos de carreira. Entre os principais clubes onde trabalhou, estão: Vitória, Athletico Paranaense, Goiás, Grêmio, Sport, Vasco, Figueirense e Fortaleza.

Na era dos pontos corridos, porém, Hélio dos Anjos é o treinador com maior números de rebaixamentos, com seis descensos, foram eles: Goiás (2015), Atlético-GO e Figueirense (2012), Fortaleza e São Caetano (2006) e Vitória (2004), todos da Série A para a Série B.

O acerto do Paysandu com Hélio dos Anjos foi concretizado no fim da noite da última quinta-feira (30). Ele será apresentado oficialmente à imprensa antes do treino de hoje, às 15h, no Estádio da Curuzu.


Fonte: O Liberal

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Metropolitano - Blog de Notícias