Miro Sanova propõem união entre os deputados a favor do Município de Ananindeua sobre o COVID-19

Redação Por: Redação

Política Novidades

Publicado em 23/03/2020 17:30h

Miro Sanova propõem união entre os deputados a favor do Município de Ananindeua sobre o COVID-19

A Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) decidiu por unanimidade o projeto de lei que decreta estado de calamidade pública no Pará, na última sexta-feira (20). A decisão foi tomada um dia depois do primeiro caso confirmado de pessoa infectada pelo novo coronavírus em Belém. O deputado Miro Sanova, foi um dos presentes que votou a favor do reconhecimento de estado de calamidade pública e aprovação de fundo econômico para ajudar no combate ao covid-19.

Muitas medidas estão sendo tomadas devido a velocidade que o vírus se propaga, uma das iniciativas da Alepa foi a doação de mil cestas básicas para os moradores de rua e famílias em risco social que serão acolhidas pelo Governo do Pará no Mangueirão. Em um vídeo compartilhado ontem, 22, nas redes sociais, Miro Sanova, um dos deputados da Casa, afirmou está à disposição do Estado, mas principalmente para as localidades de Ananindeua.

O deputado estadual Sanova, em suas redes sociais levantou uma provocação para o Governo Federal, “Presidente Jair Bolsonaro sugiro o senhor fazer uma videoconferência com os Governadores para unificar as medidas de prevenção contra o coronavírus”, postou Miro. Segundo o deputado, com o Governo Federal e o Governo Estadual agindo em sintonia a orientação aos brasileiros na atual crise vai ser ainda maior.

Logo após, o Governador Helder Barbalho também fez seu pronunciamento se dirigindo ao atual Presidente, pontuando que Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) confirmou mais dois casos de Covid-19 no estado. Com estes, sobe para quatro o número de casos confirmados pela secretaria.

Ananindeua hoje é o segundo município mais populoso do Estado, e por essa razão Miro Sanova direcionou sua preocupação para o município. Ainda em vídeo publicado na noite de ontem, Sanova disse que está em contato com outros deputados que residem em Ananindeua, citou alguns como Fábio Figueiras, Professora Nilse e outros, para que eles pudessem dialogar com órgãos públicos responsáveis para encontrarem juntos medidas para colaborar com município Ananindeua, intermediando soluções e/ou equipamentos.

O projeto de lei votado na Alepa tem validade até 31 de dezembro deste ano e vai garantir recursos emergenciais para as medidas adotadas devido ao novo coronavírus.

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Metropolitano - Blog de Notícias